As plantas são de diferentes tipos e estão em diferentes lugares do planeta, e muita dessas plantas servem para uma grande quantidade de remédios, para diversas doenças. E essas plantas são estudadas todos os dias para melhorar a sua aplicação.

É um dos maiores e mais biodiversos grupos de seres vivos na Terra, as plantas verdes fornecem uma parte substancial do oxigênio molecular e são a base dos alimentos da maioria dos ecossistemas, especialmente dos terrestres.

Então o demonstre veio mostrar nesse poste uma lista recheada de “plantas para cerca viva”, que são semelhantes as trepadeiras podem ajudar as pessoas desde de arborização de lugares á remédios medicinais.

Plantas para cerca viva

As cercas vivas tem a função de proteger é bastante ampla e desta forma podemos aproveitar as características das cercas vivas para nos oferecer a privacidade, o conforto e a segurança que tanto almejamos.

Também são apropriadas também para esconder áreas ou estruturas feias no jardim, tais como: casas de máquinas, pequenos depósitos, composteiras, muros, lixeiras, etc.

Buxinho – Plantas para cerca viva

O buxinho é uma planta arbusto e lenhosa, muito utilizada para a topiaria, por suas inúmeras qualidades. Sua folhagem verde escura é resistente e regenera-se bem das podas semestrais.

Se você quer um autêntico jardim francês não pode dispensar o buxinho em cercas vivas, bordaduras e topiarias, porém deve ter paciência, pois seu crescimento é relativamente lento se comparado às outros arbustos. Com o tempo e boas podas de formação, torna-se bastante compacto e denso. Tem grande durabilidade e rusticidade com os cuidados básicos, exigindo pouca manutenção.

Buxinho – Ficha da planta para cerca viva

  • Nome Científico: Buxus sempervirens
  • Nomes Populares: Buxinho, Árvore-da-caixa, Buxo
  • Família: Buxaceae
  • Categoria: Arbustos, Bonsai, Cercas Vivas
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Ásia, Europa, Mediterrâneo
  • Altura: 1.8 a 2.4 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Buxinho

Perfeito para compor desenhos, cercas e esculturas vivas, também é muito utilizado para Bonsai. Adapta-se muito bem ao cultivo em vasos.

Vídeo sobre Buxinho:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Resedá-amarelo – Plantas para cerca viva

Arbusto rústico, o triális ainda é bastante florífero. Conhecido também como resedá-amarelo, embora não seja da mesma família da Lagerstroemia indica, o resedá que conhecemos.  Sua flores são pequenas, amarelas e delicadas reunidas em inflorescências terminais. Esta espécie é muito similar à Galphimia glauca.

Devem ser cultivadas sob sol pleno em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica, regada a intervalos regulares. Presta-se para utilização como planta isolada, em grupos, renques e composições com outras plantas. Não é tolerante à geadas. Multiplica-se por sementes.

Resedá-amarelo – Ficha da planta para cerca viva

  • Nome Científico: Galphimia brasiliensis
  • Nomes Populares: Triális, Resedá-amarelo
  • Família: Malpighiaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Cercas Vivas, Flores Perenes
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul, Brasil
  • Altura: 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Resedá-amarelo

O triális apresenta folhagem bonita, que não é compacta e nem muito aberta. Floresce em todas as estações, sendo uma planta bastante interessante em jardins de baixa manutenção e com flores o ano todo.

Vídeo sobre Resedá-amarelo:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Azaléia – Plantas para cerca viva

As azaléias são arbustos de folhagem verde-escura e floração abundante. Suas flores simples ou dobradas podem ter cores diferentes, como branco, rosa, vermelho ou mescladas. Há muitas variedades com portes diferentes também, umas mais pequenas para plantio em vasos e para formação de maciços e outras maiores capazes de formar cercas vivas.

Resultado de imagem para Azaléia

Devem ser cultivadas sob pleno sol, em solo composto de terra de jardim e terra vegetal, com regas regulares, não é necessária a calagem já que os rododendros e azaléias apreciam solos ácidos. As azaléias ainda apreciam o frio e podem ser podadas com cuidado e sempre no final da floração. Multiplicam-se por estaquia.

Azaléia – Ficha da Planta para cerca viva

  • Nome Científico: Rhododendron simsii
  • Nomes Populares: Azaléia, Azaléia-belga
  • Família: Ericaceae
  • Categoria: Arbustos, Cercas Vivas, Flores Perenes
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado
  • Origem: Ásia, China
  • Altura: 0.4 a 0.6 metros, 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Azaléia

É uma planta muito utilizada também para a técnica milenar do bonsai.

Vídeo sobre Azaléia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Clúsia – Plantas para cerca viva

Nativa do litoral de São Paulo e Rio de Janeiro, a clúsia pode ter o porte de arbusto ou arvoreta, podendo atingir 6 metros de altura se não for podada. Sua folhagem é bastante ornamental, apresentando folhas rígidas, brilhantes em forma de gota. Ela tem uma característica interessante: é capaz de absorver gás carbônico durante a noite, tendo assim uma fotossíntese mais eficiente e uma grande proteção contra a desidratação.

As flores são pequenas e brancas, e a espécie é dióica, isto é, apresenta plantas macho e fêmea separadas. A floração ocorre na primavera e verão. Também pode ser plantada em vasos em terraços ou ambientes internos, além de arbustos informais isolados ou em grupos no jardim.

Pingo-de-ouro – Ficha da planta para cerca viva

  • Nome Científico: Clusia fluminensis
  • Nomes Populares: Clúsia,
  • Família: Clusiaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul, Brasil
  • Altura: 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Pingo-de-ouro

Os frutos pequenos atraem os passarinhos. Tem ampla utilização paisagística, sendo excelente para a implantação de cercas vivas e renques rústicos e resistentes, principalmente no litoral, onde outras plantas encontram dificuldade em se adaptar.

Vídeo sobre Pingo-de-ouro:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Abélia – Plantas para cerca viva

A abélia é um arbusto muito florífero, bastante ramificado excelente para a formação de cercas vivas e renques junto a muros, além de ser facilmente conduzido como trepadeira sobre caramanchões, podendo alcançar 2-3 metros de altura.

Originou-se da hibridização de A. chinensis e A. uniflora.  As podas não prejudicam a floração. Ocorre uma cultivar de folhas variegadas. Devem ser cultivadas a pleno sol em solo fértil, com regas regulares. Pode ser cultivada em todo o país, tolerando o frio e o calor. Multiplica-se por estacas.

Abélia – Ficha da planta para cerca viva

  • Nome Científico: Abelia x grandiflora
  • Nomes Populares: Abélia, Abélia-da-china
  • Família: Caprifoliaceae
  • Categoria: Arbustos, Cercas Vivas
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado
  • Origem: Ásia, China
  • Altura: 1.2 a 1.8 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Abélia

Produz numerosas flores brancas e rosadas durante todo verão e outono.

Vídeo sobre Abélia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Gardênia – Plantas para cerca viva

A gardênia é uma planta arbustiva, de textura semi-lenhosa, com ramos eretos, ramificados e folhas perenes. Sua altura média é de 1,5 a 2 metros de altura. Suas folhas são brilhantes, coriáceas, opostas, ovaladas e de coloração verde-escura.  Ocorrem variedades de flores simples ou dobradas, pequenas e grandes, assim como há variedades de ramagem prostrada e pequeno porte. A gardênia é uma planta de rica fragrância e sua utilização deve aproveitar esta sua qualidade.

Ela pode ser cultivada isolada em pátios ou próximo à portas e janelas, onde há transito de pessoas. Sendo conduzida sem podas de adensamento, apenas de limpeza, ela cresce com maior ventilação e é menos suscetível à doenças. Contudo, pode ser plantada em grupos e, sendo cuidada com zelo, pode formar belas cercas-vivas com textura mais compacta. O momento ideal para a poda das gardênias é após a floração. Presta-se para o plantio em vasos e é ótima para bonsai.

Gardênia – Ficha da planta para cerca viva

  • Nome Científico: Gardenia jasminoides
  • Nomes Populares: Gardênia, Jasmim-do-cabo
  • Família: Rubiaceae
  • Categoria: Arbustos, Cercas Vivas, Flores Perenes
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Ásia, China
  • Altura: 1.8 a 2.4 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Gardênia

As flores são brancas, cerosas, grandes e muito perfumadas. Com o tempo adquirem uma coloração creme com tons amarelados. A floração ocorre em meados da primavera e início do verão. Os frutos, oriundos das variedades férteis, têm a polpa amarela, de onde extraem-se corantes para o artesanato e indústria.

Vídeo sobre Gardênia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Hortênsia – Plantas para cerca viva

A hortênsia é a flor símbolo do município de Gramado, conhecida cidade da serra gaúcha. É um arbusto muito florífero e rústico. Produz inflorescências em forma de buquês, compostas de muitas flores, que podem ter a cor azul, lilás, rósea, vermelha e branca conforme a variedade e o pH do substrato. Solos mais ácidos produzem flores mais azuis, enquanto que os mais alcalinos resultam em flores mais róseas.

Ocorrem ainda variedades de flores de bordas arredondadas, estreladas, recortadas e triangulares. As folhas são de coloração verde-clara, coriáceas e com bordas denteadas.  Requer poda anual, no final do inverno para um intenso florescimento na primavera e verão. Aprecia o frio, sendo indicada para regiões de altitude e de clima mais ameno. Multiplica-se por estacas.

Hortênsia – Ficha da Planta para cerca viva

  • Nome Científico: Hydrangea macrophylla
  • Nomes Populares: Hortênsia, Hidrângea, Hortência, Rosa-do-japão
  • Família: Hydrangeaceae
  • Categoria: Arbustos, Cercas Vivas, Flores Perenes
  • Clima: Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado
  • Origem: Ásia, China, Japão
  • Altura: 0.9 a 1.2 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Hortênsia

A hortênsia presta-se para o plantio em bordaduras, maciços, renques, cercas-viva e isolada em vasos. Devem ser cultivadas a pleno sol em solos bem adubados e ricos em matéria orgânica, regados periodicamente.

Vídeo sobre Hortênsia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Ixora – Plantas para cerca viva

A ixora-chinesa é uma planta arbustiva própria para jardins tropicais. Seu caule é de textura lenhosa, ramificado, ereto e pode alcançar até 2 metros de altura. As folhas são simples, de coloração verde-escura, coriáceas e muito brilhantes. Com o crescimento da planta os ramos reclinam-se um pouco dando um aspecto mais despojado à planta.

As inflorescências são terminais, em umbela, com numerosos botões alongados, que gradativamente abrem-se em flores com formato de estrela de quatro pontas. As flores podem ser alaranjadas, róseas, vermelhas ou amarelas. Ocorrem ainda variedades anãs, menores e mais compactas, que podem ser utilizadas como forração e até mesmo em vasos e jardineiras.

Ixora – Ficha da planta para cerca viva

  • Nome Científico: Ixora chinensis
  • Nomes Populares: Ixora-chinesa, Alfinete-gigante, Ixora-vermelha, Ixória-chinesa
  • Família: Rubiaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Cercas Vivas, Flores Perenes
  • Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, China, Malásia
  • Altura: 1.2 a 1.8 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Ixora

A ixora-chinesa é uma planta maravilhosa, com seus cachos de florzinhas que despontam o ano todo, mas principalmente na primavera e verão. No jardim ela pode ser plantada isolada, em grupos irregulares ou renques. Suas flores pequenas e coloridas são ricas em néctar e atraem beija-flores e borboletas.

Vídeo sobre Ixora:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Ligustrinho – Plantas para cerca viva

Arbusto bastante ramificado, compacto e rústico, de folhas pequenas. Ocorrem diversas variedades, de ramos mais ou menos eretos, e folhas azuladas, sendo que a mais comum em nossos jardins é a forma variegada. As flores brancas tem pouca importância ornamental.

Devem ser cultivados em solo fértil, drenável, e sempre a pleno sol, isolados ou em grupos e composições. Tolerante ao frio e às geadas. Multiplica-se por sementes e estaquia.

Ligustrinho – Ficha da planta para cerca viva

  • Nome Científico:Ligustrum sinense
  • Nomes Populares: Ligustro-arbustivo, Alfeneiro-da-china, Ligustrinho, Ligustro, Ligustro-chinês
  • Família: Oleaceae
  • Categoria: Arbustos, Cercas Vivas
  • Clima: Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Ásia, China, Coréia do Norte, Coréia do Sul
  • Altura: 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Ligustrinho

Sua utilização é ampla prestando-se muito bem para topiaria e cercas vivas, criando excelente contraste com outras plantas verdes.

Vídeo sobre Ligustrinho:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Nandina – Plantas para cerca viva

A nandina é um arbusto de folhagem muito ornamental. A coloração das suas folhas é normalmente verde, no entanto os ramos jovens apresentam um coloração rósea a avermelhada e no inverno toda a planta adquire um tom avermelhado.

Produz no verão numerosas flores brancas bem pequenas, que resultam em frutos vermelhos.  Devem ser cultivadas a pleno sol ou meia-sombra, em solo fértil e rico em matéria orgânica. A nandina tolera muito bem o frio e multiplica-se por estacas, sementes ou por divisão da planta.

Nandina – Ficha da planta para cerca viva

  • Nome Científico: Nandina domestica
  • Nomes Populares: Nandina, Avenca-japonesa, Bambú-celeste, Bambú-do-céu
  • Família: Berberidaceae
  • Categoria: Arbustos, Cercas Vivas
  • Clima: Continental, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, China, Japão
  • Altura: 1.8 a 2.4 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Nandina

Presta-se para cultivo em vasos, jardineiras ou formando maciços, conjuntos e bordaduras no jardim.

Vídeo sobre Nandina:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Pitósporo-japonês – Plantas para cerca viva

O Pitósporo-japonês é um arbusto ou arvoreta, resistente, de aroma marcante, com folhas espatuladas de coloração verde ou verde-acinzentada com bordas claras na cultivar “variegata“. Excelente para a formação de cercas vivas altas (2 metros), o pitósporo ainda produz eventualmente florzinhas brancas muito perfumadas.

De crescimento lento, pode ser cultivado isolado, ou em grupos. Ocorre uma variedade anã, mais apreciado para o cultivo em vasos. Devem ser cultivados em solo fértil, sob sol pleno e irrigados regularmente nos dois primeiros anos após o plantio. Tolerante ao frio. Multiplica-se por alporquia e estaquia.

Pitósporo-japonês  – Ficha das Planta para cerca viva

  • Nome Científico: Pittosporum tobira
  • Nomes Populares: Pitósporo-japonês, Lágrima-sabéia, Pau-de-incenso, Pitósporo
  • Família: Pittosporaceae
  • Categoria: Arbustos, Árvores, Árvores Ornamentais, Cercas Vivas
  • Clima: Continental, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Ásia, China, Japão
  • Altura: 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros, 6.0 a 9.0 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Pitósporo-japonês

Não se conhece benefícios da planta.

Vídeo sobre a Pitósporo-japonês :

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Louro-americano – Plantas para cerca viva

O louro-americano é um arbusto da famílias das azaléias e rododendros. Ele é perenifólio, isto é, não perde as folhas no outono-inverno. Seu caule é lenhoso, bastante ramificado, e seu porte é pequeno, alcançando de 2 a 4 metros de altura. As folhas são verde-escuras, elípticas, alternas, brilhantes e com a nervura central saliente.

As inflorescências surgem na primavera e verão e são do tipo corimbo, com numerosas flores brancas ou róseas, com formato de estrela e longos estames. Através de podas, ele pode ser conduzido como arbusto ou arvoreta, isolado, ornamentando pátios e calçadas com muito charme. Em grupos, presta-se para a formação de cercas-vivas informais, maciços e bordaduras. Quando plantado em local semi-sombreado, sua folhagem se desenvolve mais aberta e as florações são menos abundantes.

Louro-americano – Ficha da planta para cerca viva

  • Nome Científico: Kalmia latifolia
  • Nomes Populares: Louro-americano, Louro-da-montanha, Louro-da-serra, Pau-de-colher
  • Família: Ericaceae
  • Categoria: Arbustos, Cercas Vivas
  • Clima: Continental, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: América do Norte, Estados Unidos
  • Altura: 2.4 a 3.0 metros
  • Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Louro-americano

Os frutos são cápsulas marrons e deiscentes, sem valor ornamental. O louro-americano é um arbusto vistoso, de floração abundante, que pode ser largamente utilizado no paisagismo.

Vídeo sobre Louro-americano:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Escova-de-garrafa – Plantas para cerca viva

Escova-de-garrafa é o nome popular das plantas do gênero Callistemon. Este gênero possui 34 espécies catalogadas, sendo que a grande maioria delas é originária da Austrália. As escovas-de-garrafa apresentam porte arbustivo ou de arvoreta, alcançando de 3 a 7 metros de altura. Suas folhas são em geral pequenas, lanceoladas a lineares, verdes, sésseis, perenes e aromáticas, que vão se tornando bronzeadas com o tempo.

No entanto é nas inflorescências que reside o encanto desta árvore, elas tem um formato cilíndrico com numerosos estames, semelhantes às escovas utilizadas para lavar garrafas. Muito atrativas para os beija-flores, as flores surgem esparsas durante todo o ano e abundantes na primavera. No verão, elas dão lugar aos frutos, pequenos, lenhosos e bem aderidos aos ramos.

Escova-de-garrafa – Ficha da Planta para cerca viva

  • Nome Científico: Callistemon spp
  • Nomes Populares: Escova-de-garrafa, Calistemo, Lava-garrafas
  • Família: Myrtaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Austrália, Oceania
  • Altura: 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros, 6.0 a 9.0 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Escova-de-garrafa

A planta não é medicinal, mas serve para decoração.

Vídeo sobre a Escova-de-garrafa:

Vídeo que fala da planta no youtube.

Lantana – Plantas para cerca viva

Arbusto florífero de efeito muito ornamental, o cambará é excelente para a formação de maciços e bordaduras. Suas folhas são opostas e muito pilosas, e os seus ramos flexíveis podem ser eretos ou semipendentes. As inflorescências são compostas por numerosas flores, formando mini-buquês das mais variadas cores, como laranja, rosa, vermelho, amarelo e branco; sendo comum observar, na mesma inflorescência, flores com colorações diferentes do centro para a periferia.

Os frutos são do tipo drupa. Deve ser cultivado a pleno sol, em solo fértil enriquecido com composto orgânico, com regas periódicas. Tem grande potencial invasivo, tornando-se daninha em determinadas situações.

Lantana – Ficha da planta para cerca viva

  • Nome Científico: Lantana camara
  • Nomes Populares: Cambará, Bandeira-espanhola, Camará, Camaradinha, Cambará-de-cheiro, Cambará-miúdo, Cambará-verdadeiro, Cambarazinho, Chumbinho, Lantana, Lantana-cambará, Verbena-arbustiva
  • Família: Verbenaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Flores Perenes, Plantas Daninhas
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América Central, América do Sul
  • Altura: 0.9 a 1.2 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Lantana

Também é considerada planta tóxica e sua utilização terapêutica deve ter acompanhamento médico. Tolerante ao frio e às podas. Multiplica-se por estacas e sementes.

Vídeo sobre Lantana:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Fórmio – Plantas para cerca viva

Arbusto florífero de efeito muito ornamental, o cambará é excelente para a formação de maciços e bordaduras. Suas folhas são opostas e muito pilosas, e os seus ramos flexíveis podem ser eretos ou semipendentes. As inflorescências são compostas por numerosas flores, formando mini-buquês das mais variadas cores, como laranja, rosa, vermelho, amarelo e branco; sendo comum observar, na mesma inflorescência, flores com colorações diferentes do centro para a periferia.

Os frutos são do tipo drupa. Deve ser cultivado a pleno sol, em solo fértil enriquecido com composto orgânico, com regas periódicas.  Tolerante ao frio e às podas. Multiplica-se por estacas e sementes.

Fórmio – Ficha da planta para cerca viva

  • Nome Científico: Lantana camara
  • Nomes Populares: Cambará, Bandeira-espanhola, Camará, Camaradinha, Cambará-de-cheiro, Cambará-miúdo, Cambará-verdadeiro, Cambarazinho, Chumbinho, Lantana, Lantana-cambará, Verbena-arbustiva
  • Família: Verbenaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Flores Perenes, Plantas Daninhas
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América Central, América do Sul
  • Altura: 0.9 a 1.2 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Fórmio

Tem grande potencial invasivo, tornando-se daninha em determinadas situações. Também é considerada planta tóxica e sua utilização terapêutica deve ter acompanhamento médico.

Vídeo sobre Fórmio:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Fim do poste sobre as plantas para cerca viva

Então estamos chegando ao film de mais uma lista de conteúdos, e nesse poste trabalhamos com “plantas para cerca viva”. Assim se você achou esse poste legal, e conhece alguém que está precisando ler isso, compartilhe com elas e também se possível em suas redes sociais, para que as pessoas possam desfrutar de mais conteúdos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.