10 Filmes Brasileiros 1

Filmes Brasileiros são internacionalmente conhecido por suas várias obras icônicas, e diversificadas.

Os Filmes brasileiros desde os mais antigos aos lançamentos, selecionamos alguns filmes que você precisa ver pelo menos uma vez, e conhecer a qualidade dos filmes brasileiros, que muitas das vezes se destaca com osa filmes de comédia, que são muito envolventes.

Assim os “filmes do brasil” tem crescido muito ultimamente em um proporção enorme. Confira agora as 10 produções de cinema Brasileiras.

10 Filmes Brasileiros

Os filmes Brasileiros são filmes diversificados onde na maioria das vezes são filmes de comédia, que o cinema brasileiro é especialista. Mas o filmes produzidos no Brasil também de outros gêneros ganham as telas mundiais.

E o cinema brasileiro não para, a cada dia que passa aumenta as produções de diferentes gêneros, sendo todos um melhor que o outro em termo de qualidade.

As Boas Maneiras – Filmes Brasileiros

As Boas Maneiras reitera a eficiência do cinema de Marco Dutra e Juliana Rojas, digno de reverências graças ao horror tão bem pulverizado nesse envolvente universo fantástico.

Ana (Marjorie Estiano) contrata Clara (Isabél Zuaa), uma solitária enfermeira moradora da periferia de São Paulo, para ser babá de seu filho ainda não nascido. Conforme a gravidez vai avançando, Ana começa a apresentar comportamentos cada vez mais estranhos e sinistros hábitos noturnos que afetam diretamente Clara.

Ficha técnica As Boas Maneiras

Distribuidor IMOVISION
Ano de produção 2017
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 3 curiosidades
Bilheteria no Brasil 5 782 entradas
Orçamento 
Idiomas Português

Curiosidades As Boas Maneiras

Festival O filme foi selecionado para o Festival de Locarno em 2017

Festival do Rio O longa está competindo na mostra Première Brasil: Competição longa ficção do Festival do Rio de 2017.

Inspiração Os diretores Juliana Rojas e Marco Dutra se inspiraram nas primeiras animações da Disney, em especial, A Bela Adormecida (1959), com suas cores e músicas.

Razões para ver o Filme As Boas Maneiras

  1. Ganhou alguns títulos nacionais.
  2. É um filme muito legal.

Trailer do Filme As Boas Maneiras:

Veja agora o trailer oficial do filme que está no youtube.

Bingo: O rei das Manhãs – Filmes Brasileiros

Um filme de comédia dramática brasileiro de 2017 produzido por Gullane Filmes e distribuído por Warner Bros. Pictures. O roteiro, cuja inspiração consiste no período da vida de Arlindo Barreto, um dos atores que interpretara Bozo na televisão, é de Luiz Bolognesi.

Cinebiografia de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do palhaço Bozo no programa matinal homônimo exibido pelo SBT durante a década de 1980. Barreto alcançou a fama graças ao personagem, apesar de jamais ser reconhecido pelas pessoas por sempre estar fantasiado. Esta frustração o levou a se envolver com drogas, chegando a utilizar cocaína e crack nos bastidores do programa.

Ficha técnica Bingo: O rei das Manhãs

Distribuidor WARNER BROS.
Ano de produção 2017
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 6 curiosidades
Bilheteria no Brasil 238 498 entradas

Curiosidades Bingo: O rei das Manhãs

Primeira vez Estreia de Daniel Rezende como diretor.

Mudança de protagonista Inicialmente seria Wagner Moura o intérprete de Arlindo Barreto, mas ele teve que desistir do projeto devido à agenda de divulgação da série Narcos.

O Bozo nas telonas Filme inspirado no Bozo, personagem que foi criado por Alan Livingston em 1946 e que ganhou popularidade no Brasi após ser exibido em um programa pela emissora SBT.

Vida nas drogas Arlindo Barreto, ex-Bozo, revelou que era viciado em cocaína e que a droga o matinha motivado a trabalhar por tantas horas seguidas.

Direitos autorais O nome Bozo não foi utilizado no filme devido a questões de direitos autorais.

Para assumir o papel Vladimir Brichta perdeu oito quilos para fazer o personagem e também fez aula de circo.

Razões para ver o Filme Bingo: O rei das Manhãs

  1. O filme mostra um palhaço muito engraçado.
  2. foi produzido no Brasil.

Trailer do Filme Bingo: O rei das Manhãs:

Veja agora o trailer oficial do filme que está no youtube.

O grande Circo Mistico – Filmes Brasileiros

A história de cinco gerações de uma mesma família circense, da inauguração do Grande Circo Místico em 1910 aos dias de hoje. Celavi, o mestre de cerimônias que nunca envelhece, mostra as aventuras e os amores dos Knieps, do apogeu à decadência.

Resultado de imagem para O grande Circo Mistico

Em meio ao universo de uma tradicional família austríaca, que é dona do Grande Circo Knieps, nasceu um improvável romance entre um aristocrata e uma acrobata. Este é o retrato dos 100 anos de existência do Grande Circo e das cinco gerações do clã à frente do espetáculo e suas histórias fantásticas.

Ficha técnica O grande Circo Mistico

Distribuidor H2O Films
Ano de produção 2018
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 5 curiosidades
Bilheteria no Brasil 46 890 entradas

Curiosidades O grande Circo Mistico

Demorou para sair O filme é um projeto antigo do diretor Carlos Diegues. Ele planejava iniciar a produção em 2010, mas deixou de lado para se dedicar à 5x Pacificação.

Das páginas para as telas. Adaptação de poema homônimo presente no livro “A Túnica Inconsútil” (1938), de Jorge de Lima. A história foi levada aos palcos em 1982, num musical criado por Edu Lobo e Chico Buarque.

Trilha Cacá Diegues revelou que não trata-se de uma adaptação do musical de Chico e Edu, mas mesmo assim optou por utilizar algumas das canções da dupla.

Cannes 2018 O filme é apresentado em sessão especial no Festival de Cannes 2018. Festival de São Paulo Selecionado para a 42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo.

Razões para ver o Filme O grande Circo Mistico

  1. O filme é bem engraçado.
  2. Tem várias diversidades.

Trailer do Filme O grande Circo Mistico:

Veja agora o trailer oficial do filme que está no youtube.

Hoje eu Quero Voltar Sozinho – Filmes Brasileiros

É um filme brasileiro dirigido, produzido e roteirizado por Daniel Ribeiro. Conta com a produção de Lacuna Filmes e com a distribuição no Brasil pela Vitrine Filmes e distribuição internacional pela Films Boutique.

A vida de Leonardo muda completamente quando um novo aluno entra no colégio. O adolescente precisa lidar com o ciúme da amiga e também com os inesperados sentimentos que o recém-chegado desperta nele.

Ficha técnica Hoje eu Quero Voltar Sozinho

Distribuidor VITRINE FILMES
Ano de produção 2014
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 6 curiosidades
Bilheteria no Brasil 190 156 entradas
Orçamento 2 650 000 BRL
Idiomas Português

Curiosidades Hoje eu Quero Voltar Sozinho

Versão longa O filme é um desdobramento do curta Eu Não Quero Voltar Sozinho, também de Daniel Ribeiro, lançado em 2010.

Escolha do título O título original provisório deste filme era “Todas as coisas mais simples”, mas foi considerado muito genérico e desconectado da história do curta metragem que o originou. Depois de muita discussão em torno do novo nome, o diretor Daniel Ribeiro e a produção chegaram a um título que reflete tanto as mudanças ocorridas no filme quanto os conflitos do personagem Leonardo: Hoje Eu Quero Voltar Sozinho.

Merece a devida importância Apesar da data de estreia deste filme estar marcada para o dia 28 de março de 2014, a sua primeira exibição pública será na mais importante mostra paralela do Festival de Berlim – Mostra Panorama -, que acontece entre os dias 6 e 16 de fevereiro de 2014. A organização do Festival escolheu dois filmes para representar o Brasil: Hoje Eu Não Quero Voltar Sozinho e O Homem das Multidões, dos diretores Cao Guimaraes e Marcelo Gomes.

Representante do Brasil no Oscar Foi escolhido para representar o Brasil na disputa do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro 2014.

Até na China 5º Festival de Cinema Brasileiro na China – BRAPEQ.

Prêmios Vencedor do Prêmio FIPRESCI e do Teddy Award no Festival de Berlim 2014.

Razões para ver o Filme Hoje eu Quero Voltar Sozinho

  1. É estrelado por Ghilherme Lobo, Fábio Audi e Tess Amorim.
  2. O filme foi destaque internacional.
  3. Foi vencedor do prêmio Fipresci concedido pela Federação Internacional de Críticos de Cinema.

Trailer do Filme Hoje eu Quero Voltar Sozinho:

Veja agora o trailer oficial do filme que está no youtube.

O Shaolin Do Sertão – Filmes Brasileiros

É um filme brasileiro de 2016 dirigido por Halder Gomes e escrito por L.G. Bayão. Edmilson Filho é o protagonista do filme no papel de Aluísio Li um homem que sonha em ser um grande lutador

Durante a década de 80, lutadores de vale-tudo passam por dificuldades devido à falta de lutas profissionais. A fim de manter a paixão pela luta, eles desafiam os valentões no interior do Ceará que aceitam participar da competição criada. É assim que Aluiso Li (Edmilson Filho) vê a sua chance de ouro para realizar o sonho de se tornar um verdadeiro mestre das lutas como os heróis de seus filmes favoritos.

Ficha técnica O Shaolin Do Sertão

Ano de produção 2016
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 
Bilheteria no Brasil 611 653 entradas
Orçamento R$ 4.000.000 (estimado)
Idiomas Português

Curiosidades O Shaolin Do Sertão

O filme foi gravado no sertão cearense.

Razões para ver o Filme O Shaolin Do Sertão

  1. É um filme muito engraçado.
  2. Os personagens são divertidos.
  3. As lutas são muito divertidas.

Trailer do Filme O Shaolin Do Sertão:

Veja o trailer oficial do filme que está no youtube.

O Auto da Compadecida – Filmes Brasileiros Antigos

Um filme brasileiro de comédia dramática lançado em 2000. Dirigido por Guel Arraes e com roteiro de Adriana Falcão e João Falcão, o filme é baseado na peça teatral “Auto da Compadecida” de 1955 de Ariano Suassuna, com elementos de O Santo e a Porca e Torturas de um Coração, ambas do mesmo autor, e influências do clássico de Giovanni Boccaccio Decameron.

As aventuras dos nordestinos João Grilo (Matheus Natchergaele), um sertanejo pobre e mentiroso, e Chicó (Selton Mello), o mais covarde dos homens. Ambos lutam pelo pão de cada dia e atravessam por vários episódios enganando a todos do pequeno vilarejo de Taperoá, no sertão da Paraíba. A salvação da dupla acontece com a aparição da Nossa Senhora (Fernanda Montenegro). Adaptação da obra de Ariano Suassuna.

Ficha técnica O Auto da Compadecida

Distribuidor Columbia Pictures do Brasil
Ano de produção 2000
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 6 curiosidades
Orçamento 
Idiomas Português

Curiosidades O Auto da Compadecida

Série de TV O Auto da Compadecida foi inicialmente produzida como uma minissérie de 4 capítulos, exibida na Rede Globo de Televisão em janeiro de 1998. Devido ao grande sucesso obtido, o diretor Guel Arraes e a Globo Filmes resolveram preparar uma versão para o cinema, que contém 100 minutos a menos que o tempo total da minissérie. Estreia na produção Trata-se do primeiro filme feito inteiramente pela Globo Filmes, desde a idéia até seu desenvolvimento.

Filmando no sertão O Auto da Compadecida foi filmado em Cabaceiras, no sertão da Paraíba, uma cidade próxima a Taperoá, cidade em que as aventuras de João Grilo e Chicó são retratadas na peça teatral de Ariano Suassuna.

Sucesso nas bilheterias Apesar de já ter sido exibida gratuitamente na televisão, a versão para o cinema de O Auto da Compadecida foi um grande sucesso, tendo levado aos cinemas mais de 2 milhões de espectadores.

Razões para ver o Filme O Auto da Compadecida

  1. Está no Ranking dos Melhores Filmes Nacionais.
  2. Ganhou vários prêmios.
  3. É muito engraçado.

Trailer do Filme O Auto da Compadecida:

Veja agora o trailer oficial do filme que está no youtube.

Central do Brasil – Filmes Brasileiros Antigos

Central do Brasil é um filme franco-brasileiro de 1998 dirigido por Walter Salles, escrito por João Emanuel Carneiro e Marcos Bernstein, e estrelado por Fernanda Montenegro e Vinícius de Oliveira.

Dora (Fernanda Montenegro) trabalha escrevendo cartas para analfabetos na estação Central do Brasil, no centro da cidade do Rio de Janeiro. Ainda que a escrivã não envie todas as cartas que escreve – as cartas que considera inúteis ou fantasiosas demais -, ela decide ajudar um menino (Vinícius de Oliveira), após sua mãe ser atropelada, a tentar encontrar o pai que nunca conheceu, no interior do Nordeste.

Ficha técnica Central do Brasil

Distribuidor EUROPA FILMES
Ano de produção 1998
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 9 curiosidades
Orçamento R$ 2,9 000 000
Idiomas Português, Alemão

Curiosidades Central do Brasil

Reconhecimento Fernanda Montenegro faturou uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz Principal no ano de 1999, pelo seu trabalho em Central do Brasil. Foi a primeira vez que uma artista latino-americana foi indicada nessa categoria.

Parcerias Este é o primeiro de três filmes em que o diretor Walter Salles e o ator Vinicius de Oliveira trabalharam juntos. Os demais foram Abril Despedaçado (2001) e Linha de Passe (2008).

Estreia nas telonas É o primeiro trabalho como ator de Vinicius de Oliveira. Walter Salles o conheceu enquanto este trabalhava como engraxate e o convidou para fazer um teste. Nos testes realizados, ele superou mais de 1500 outros concorrentes para o papel.

Quando a realidade invade a ficção Quando Fernanda Montenegro se posicionou para as filmagens na estação Central do Brasil, algumas pessoas de fato se aproximaram dela pedindo que escrevesse cartas. Algumas dessas cenas foram posteriormente incorporadas ao filme.

Razões para ver o Filme Central do Brasil

  1. O filme ganhou alguns prêmios.
  2. A história nos faz refletir sobre a vida.
  3. O filme é emocionante.

Trailer do Filme Central do Brasil:

Veja agora o trailer oficial do filme que está no youtube.

Edifício Master – Filmes Brasileiros Antigos

Edifício Master é um filme documentário brasileiro de 2002, dirigido pelo cineasta Eduardo Coutinho, sobre um antigo e tradicional edifício situado em Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro, que tem 12 andares, 23 apartamentos por andar, 276 apartamentos conjugados e em média 500 moradores no prédio inteiro.

Resultado de imagem para Edifício Master

O cotidiano dos moradores do Edifício Master, situado em Copacabana, a um quarteirão da praia. O prédio tem 12 andares e 23 apartamentos por andar. Ao todo são 276 conjugados, onde moram cerca de 500 pessoas. Eduardo Coutinho e sua equipe entrevistaram 37 moradores e conseguiram extrair histórias íntimas e reveladoras de suas vidas.

Ficha técnica Edifício Master

Distribuidor VideoFilmes
Ano de produção 2002
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 2 curiosidades

Curiosidades Edifício Master

Ranking dos Melhores Filmes Nacionais Eleito como o vigésimo oitavo melhor filme brasileiro de todos os tempos segundo a Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema). Terceiro documentário e terceiro filme de Eduardo Coutinho a entrar na lista.

Razões para ver o Filme Edifício Master

  1. O filme entrou na lista feita pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.

Trailer do Filme Edifício Master:

Veja agora o trailer oficial do filme que está no youtube.

O beijo da Mulher Aranha – Filmes Brasileiros Antigos

É um filme dramático brasileiro-estadunidense de 1985. Foi dirigido pelo cineasta argentino naturalizado brasileiro Héctor Babenco e adaptado por Leonard Schrader do romance homônimo de Manuel Puig.

Em uma prisão na América do Sul, dois prisioneiros dividem a mesma cela. Um é homossexual e está preso por comportamento imoral e o outro é um prisioneiro político. O primeiro, para fugir da triste realidade que o cerca, inventa filmes cheios de mistério e romance, mas o outro tenta se manter o mais politizado possível em relação ao momento que vive. Mas esta convivência faz com que os dois homens se compreendam e se respeitem.

Ficha técnica O beijo da Mulher Aranha

Distribuidor Embrafilme
Ano de produção 1985
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 6 curiosidades
Orçamento 1 000 000 $
Idiomas Inglês, Espanhol

Curiosidades O beijo da Mulher Aranha

Pelo amor à arte William Hurt e Raul Julia não cobraram para trabalhar no filme. Os atores receberam apenas uma ajuda de custo para passagem e hospedaria no Brasil.

Teve que decorar Apesar de interpretar uma personagem relevante dentro da trama, Sonia Braga não sabia falar inglês na época. A atriz decorou todas as falas fonéticamente.

Ideia original O ator Burt Lancaster, que recebeu um agradecimento especial ao término dos créditos finais, foi quem iniciou o projeto de O Beijo da Mulher-Aranha, quando ainda tinha o nome “Molina” como título provisório.

Que saudade! Em seu discurso de agradecimento no Oscar de 1986, William Hurt, vencedor na categoria Melhor Ator Principal, utilizou a palavra “saudade” para descrever o que sentia em relação ao Brasil. O termo peculiar à lingua portuguesa não tem tradução em outras línguas.

Razões para ver o Filme O beijo da Mulher Aranha

  1. Esta no Ranking dos Melhores Filmes Nacionais.
  2. Ganhou alguns prêmios.

Trailer do Filme O beijo da Mulher Aranha:

Veja agora o trailer oficial do filme que está no youtube.

O pagador de Promessas – Filmes Brasileiros Antigos

O Pagador de Promessas é um filme brasileiro de 1962, um drama escrito e dirigido por Anselmo Duarte e baseado na peça teatral homônima de Dias Gomes.

Zé do Burro (Leonardo Villar) e sua mulher Rosa (Glória Menezes) vivem em uma pequena propriedade a 42 quilômetros de Salvador. Um dia, o burro de estimação de Zé é atingido por um raio e ele acaba indo a um terreiro de candomblé, onde faz uma promessa a Santa Bárbara para salvar o animal. Com o restabelecimento do bicho, Zé põe-se a cumprir a promessa e doa metade de seu sítio, para depois começar uma caminhada rumo a Salvador, carregando nas costas uma imensa cruz de madeira. Mas a via crucis de Zé ainda se torna mais angustiante ao ver sua mulher se engraçar com o cafetão Bonitão (Geraldo Del Rey) e ao encontrar a resistência ferrenha do padre Olavo (Dionísio Azevedo) a negar-lhe a entrada em sua igreja, pela razão de Zé haver feito sua promessa em um terreiro de macumba.

Ficha técnica O pagador de Promessas

Distribuidor Embrafilme
Ano de produção 1962
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 4 curiosidades
Orçamento 
Idiomas Português

Curiosidades O pagador de Promessas

Único em Cannes Foi o primeiro e até agora o único filme brasileiro a ser premiado com a Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Festa pelo prêmio no Brasil Após o recebimento do prêmio em Cannes, o diretor e a equipe do filme que viajou até o Festival foi recebida com um desfile público em carro aberto, ao desembarcar no Brasil.

Prêmios – Recebeu uma indicação ao Oscar, na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. – Ganhou a Palma de Ouro, no Festival de Cannes.

Ranking dos Melhores Filmes Nacionais Eleito nono melhor filme brasileiro de todos os tempos segundo a Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Razões para ver o Filme O pagador de Promessas

  1. Esta no Ranking dos Melhores Filmes Nacionais.
  2. Ganhou alguns prêmios.

Trailer do Filme O pagador de Promessas:

Veja agora o trailer oficial do filme que está no youtube.

FIM

Hoje mostramos uma lista recheada de filmes Brasileiros, onde mostra algumas características que diferencia o filme de outros. Se você curti nossos textos, ajude-nos compartilhando em sua rede social, para que possamos continuar com nosso trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.